Deputados estão de malas prontas para mudarem de partidos até o início de abril
17/02/2018 - 9h22 em O que acontece..

Os deputados estaduais oposicionistas João Henrique, atualmente no DEM e Janduhy Carneiro do PODEMOS, assim como os governistas Edmilson Soares (PEN), Nabor Wanderley (MDB), Lindolfo Pires, eleito pelo DEM e atualmente no Pros, e o deputado Trócolli Júnior, eleito pelo MDB e também no Pros, estudam a possibilidade de mudarem de partido até o dia 7 de abril, data limite para mudança de partido para quem pretende disputar as eleições deste ano.

Há ainda Jeová Campos, eleito pelo PT e hoje no PSB, Inácio Falcão, que foi expulso do Avante, Antônio Mineral, diplomado suplente pelo PSDB, Julys Roberto, atualmente no MDB, Zé Paulo de Santa Rita (PSB), Artur Cunha Lima Filho (PRTB) e Branco Mendes (PEN), todos analisando ainda as possibilidades de mudanças partidárias.

O deputado Branco Mendes (PEN), revelou que ele integra um grupo de deputados que está empenhado em formar um bloco e decidir conjuntamente, até o final de março, em qual partido vão se filiar, optando por uma legenda que dê sustentação ao governo de Ricardo Coutinho. Em entrevista a Rádio Correio, Branco Mendes disse que ele e outros governistas como Edmilson, Lindolfo, Trócolli, Mineral, Artur e Julys estão dialogando muito para ingressar em um partido que permita uma coligação com o PSB.

“Eu quero uma legenda que acompanhe o projeto político que eu faço parte, que é o do pré-candidato João Azevedo”, disse Trócolli Júnior, que ainda está trabalhando para alinhar o Pros a esse projeto.

 

Pelo grupo oposicionista, o deputado estadual João Henrique tem defendido a união das oposições, e, apesar de não ter se manifestado publicamente o deputado poderá trocar o DEM pelo MDB ou outra legenda de oposição ao governador Ricardo Coutinho.

Fonte:http://caririligado.com

COMENTÁRIOS