Professores da PB receberão 4,2 mil euros em intercâmbio na Finlândia; veja como fazer
09/08/2016 - 18h04 em Dicas

Professor deverá apresentar proposta de um Projeto de Desenvolvimento, que faça referência ao Plano de Metas e Projeto de Intervenção Pedagógica, da unidade escolar em que está lotado na Secretaria da Educação

 

Professores efetivos da rede estadual de ensino da Paraíba já podem se inscrever para concorrer a bolsas do programa Gira Mundo Finlândia, na modalidade Desenvolvimento Tecnológico e Inovação no Exterior Júnior (DEJ). 


Estão aptos a concorrer professores que: possuem vínculo efetivo com a rede estadual de educação básica; estejam lotados na Secretaria de Estado da Educação; estejam no efetivo exercício da função docente e em sala de aula, em qualquer etapa e modalidade de ensino; e não terem sido aprovados para ir ao Canadá no programa Gira Mundo promovido pela SEE para intercâmbio internacional.

Inscrições

Será aceita somente uma inscrição por candidato. O professor deverá apresentar proposta de um Projeto de Desenvolvimento, que faça referência ao Plano de Metas e Projeto de Intervenção Pedagógica, da unidade escolar em que está lotado na Secretaria da Educação.

Benefícios

Cada professor selecionado receberá uma bolsa mensal de 1.300 euros. As bolsas terão duração máxima de dois meses, a partir do mês do embarque para a Finlândia. Além da bolsa, cada professor receberá um auxílio instalação no valor de uma mensalidade da bolsa, correspondente a 1.300 euros; auxílio deslocamento também no valor de 1.300 euros, e auxílio financeiro para o Seguro Saúde no valor de 300 euros.

Desempenho

Ao retornar ao Brasil, os professores terão seis meses para executar o Projeto de Desenvolvimento, no período de dezembro de 2016 a maio de 2017. Durante o período de execução, os professores participantes do “Gira Mundo Finlândia” serão assessorados pela Coordenação do Programa no Brasil e pelos professores finlandeses, que atuarão como facilitadores do processo. A avaliação do desempenho do professor será feita de modo contínuo e gradual, incluindo as etapas desenvolvidas na Finlândia e no Brasil.

Objetivos

O projeto deve gerar benefício para a escola e deve estar inserido em um dos quatro temas: Empreendedorismo; Aprendizado baseado em Projetos e Problemas; Ferramentas Digitais na Educação; e Educação Profissional. Das 20 vagas oferecidas nove são para professores da Zona da Mata (João Pessoa, Guarabira, Itabaiana e Mamanguape), 6 do Agreste (Campina Grande, Cuité e Monteiro) e 5 para o Sertão (Patos, Itaporanga, Catolé do Rocha, Cajazeiras, Sousa, Princesa Isabel e Pombal).

O programa

O programa é fruto de parceria entre a Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq) e a Secretaria de Estado da Educação (SEE), com a Finlândia, com o objetivo de levar professores da rede estadual de ensino da Paraíba para desenvolverem atividades na Universidade de Ciências Aplicadas de Häme (HAMK – Häme Uiversity of Applied Sciences), na cidade de Hämeenlinna, na Finlândia. 

 

Rádio Caruá Fm

Com Agencia Brasil

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!