Djavan tranquiliza a torcida após sair de campo com falta de ar e dores no peito
22/07/2017 - 12h34 em Esportes

Volante foi substituído aos 16 minutos do segundo tempo do jogo contra o Fortaleza após passar mal em campo. Após ser atendido na ambulância, ele diz que vai fazer exames na semana.

 O volante Djavan deu um grande susto na torcida do Botafogo-PB na partida de sexta-feira contra o Fortaleza, pela Série C. O jogador passou mal e acabou sendo substituído aos 16 minutos do segundo tempo - logo depois de Itamar Schülle ter feito a segunda alteração no time. De acordo com o diagnóstico do médido Fábio Farias, ele teve falta de ar e dores no peito.

 

O jogador ainda pediu para ficar em campo, mas o departamento médico não atendeu e orientou a substituição. Djavan chegou a ser atendido na ambulância no Almeidão e liberado em seguida após verificar a pressão arterial. Durante a semana, ele vai fazer novos exames cardiológicos.

O problema com Djavan fez o Botafogo-PB queimar a terceira substituição com apenas 16 minutos do segundo tempo - já haviam entrado Lito, no intervalo, e Marcinho, um minuto antes. Mas, de acordo com o técnico Itamar Schülle, em momento algum ele pensou em manter o volante jogando no sacrifício.

- Ele passou mal durante o jogo e nós resolvemos tirá-lo de campo. Porque em primeiro lugar vem o atleta. Primeiro lugar vem o ser o humano. O futebol é uma paixão, mas tem que ter um limite - explicou o treinador, que não soube precisar se Djavan estará liberado para o jogo contra o CSA, domingo que vem (30), em Maceió.

Esse pode ser o segundo desfalque do Botafogo-PB para o jogo. Isso porque o zagueiro Bruno Maia foi expulso e deve ficar fora dos dois próximos jogos - terá que cumprir outra partida pelo terceiro cartão amarelo que recebeu pouco antes.

FONTE:http://globoesporte.globo.com

COMENTÁRIOS